Jogadores do THW Kiel comemoram conquista da Champions League de handebol de 2019-20

Bayern de Munique vai à cidade onde a tradição é jogar bola com as mãos

13/01/2021

Atual detentor da tríplice coroa, o Bayern de Munique está nas oitavas de final da Uefa Champions League, lidera a Bundesliga e buscará ir adiante na Copa da Alemanha, competição em que visitará o Holstein Kiel, da segunda divisão, às 16h45 (de Brasília) desta quarta-feira. O duelo válido pela segunda fase tem transmissão da ESPN 2ESPN App.

De um lado, o maior time de futebol do país; do outro, uma equipe que jamais disputou a Bundesliga. Porém, isso não significa que só uma das cidades esteja acostumada a glórias esportivas.

Sem vínculos com a agremiação de futebol, o THW Kiel é o “gigante” da cidade. Fundado em 1904, o time é o maior campeão da Bundesliga masculina de handebol, com 21 títulos, credenciando-se como uma das forças da modalidade também no cenário europeu e sendo presença constante na EHF Champions League, competição que já venceu quatro vezes, além de quatro vice-campeonatos.

Aliás, o THW Kiel conquistou o título continental em 29 de dezembro, ao ter superado na final o Barcelona, o maior vencedor da competição com nove taças. Além disso, também faturou o campeonato nacional na última temporada.

Esta história de sucesso teve importantes nomes do handebol figurando na equipe do norte da Alemanha. Jogadores como os multicampeões franceses Nicola Karabatic (central), Thierry Omeyer (goleiro) e Daniel Narcisse (meia-esquerda), além do alemão Henning Fritz (goleiro) e do tcheco Filip Jícha (meia-esquerda) atuaram com a camisa do time, todos vencedores do prêmio de melhor jogador do mundo na modalidade.

Jícha, inclusive, é o treinador do elenco atual, que tem o goleiro Niklas Landin Jacobsen, campeão olímpico com a Dinamarca em 2016 e melhor do mundo em 2019. O central Sander Sagosen é outro nome com enorme destaque, sendo vice-campeão mundial com a Noruega, em 2017 e 2019, e passando de promessa para um dos grandes nomes do handebol mundial.

Já no futebol, a cidade de Kiel está longe de ter este protagonismo, mas vive um período empolgante.

O time subiu da quarta para a terceira divisão em 2012-13 e conseguiria novo acesso, à segunda divisão, em 2016-17. Além disso, quase foi o oitavo clube a ir de uma vez só do terceiro escalão à Bundesliga, mas acabou derrotado pelo Wolfsburg nos playoffs em 2017-18.

Depois de um sexto lugar e um 11º na 2. Bundesliga em 2018-19 e 2019-20, respectivamente, a equipe do norte da Alemanha briga mais uma vez pelo acesso à elite. O Holstein Kiel aparece na terceira posição após 15 rodadas com 29 pontos, um a menos do que o líder Hamburgo.

Seja com a bola nos pés ou nas mãos, como favoritos ou surpresas, fato é que os torcedores de Kiel têm muito que se animar com o esporte.

*Matéria foi originalmente publicada em maio de 2018