Rodrigo Caetano em treino do Atlético-MG

Caetano diz que há critérios diferentes para Atlético-MG e outros clubes: ‘Algo que nos preocupa. Está estranho’

12/05/2022

Rodrigo Caetano, diretor executivo do Atlético-MG, concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira (12)


A arbitragem tem preocupado o Atlético-MG. Nesta quinta-feira (12), Rodrigo Caetano, diretor executivo do Galo, concedeu entrevista coletiva para questionar os diferentes critérios que, segundo ele, são apresentados em partidas do clube e de outras equipes. 

O dirigente citou a partida contra o Goiás, pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio da Serrinha, o lateral-direito Guga foi acertado em disputa de bola. Para Rodrigo Caetano, o VAR deveria ter acionado o árbitro para um possível cartão vermelho. O diretor também falou sobre o pênalti marcado para o Esmeraldino no final da partida.

É algo que nos preocupa. Lances que são para o Galo, são interpretados de uma forma esse ano, e de outras equipes de outra forma. O lance do Guga um outro absurdo também (contra o Goiás), em qualquer outra partida o jogador teria recebido vermelho. Para o Galo, não é nem chamado pelo VAR”, começou por afirmar.

“Aí o pênalti no final do jogo para o Goiás, o árbitro não dá e é chamado pelo VAR. No mínimo está estranho. Quero dizer para o nosso torcedor que por mais que enfrentemos mais esse problema no ano, nós vamos ter que melhorar até nossa performance para superar isso e faremos o possível para que tenhamos explicações para passarmos aos nossos atletas”, completou.

O Atlético-MG entrou em campo na última quarta-feira (11) e empatou por 1 a 1 com o Red Bull Bragantino, fora de casa, em partida adiantada da 7ª rodada do Brasileirão. Agora, volta a campo no sábado (14), no Independência, às 19h30, para encarar o Atlético-GO, pela 6ª rodada.

Os comandados por Antonio ‘Turco’ Mohamed ocupam a colocação do Campeonato Brasileiro com nove pontos conquistados.