Jovic durante jogo entre Real Madrid e Osasuna, pelo Campeonato Espanhol

Ex-técnico manda Luka Jovic, do Real Madrid, se calar: ‘Está arruinando 100% sua carreira’

28/03/2020

Contratado nesta temporada por 60 milhões de euros (R$ 341 milhões) pelo Real Madrid, Luka Jovic continua recebendo crítica por seu comportamento tanto dentro quanto fora de campo.

O atacante viajou de Madri para Belgrado, na Sérvia, no meio da pandemia de coronavírus e desobedeceu as restrições do governo sérvio para o controle da doença.

Detonado pelo primeiro ministro e pelo presidente da Sérvia, Jovic sofreu até ameaça de prisão. 

O jogador também não foi poupado por Dragoslav Stepanovic, ex-técnico sérvio do Eintracht Frankfurt(1991-92, 1996).

Stepanovic reside em Frankfurt e acompanhou de perto a explosão de Jovic. Ele até teve algum confronto com o técnico sérvio, Ljubisa Tumbakovic, por defender o atacante do Real Madrid.

Mas essa viagem a Belgrado e o colapso do isolamento imposto a seu país fizeram com que o ex-técnico ficasse furioso.

“Ele é o único homem que faz cem por cento para arruinar sua carreira! Jovic trabalha contra si mesmo. Ele teve sorte que Adi Hütter lhe deu uma chance no Eintracht e depois fez a maior transferência na história da Sérvia e foi para o Real Madrid. Não acredito no que o garoto está fazendo consigo mesmo”, disse Stepanovic, em uma entrevista no jornal Kurir.

Após furar a quarentena, Jovic chegou a pedir nas redes sociais para que as “pessoas ficassem em casa”.

“Eu li na mídia da Sérvia e sei que vida ele teve, que quando era criança dormia no carro com o pai para esperar até a manhã para treinar. Que sacrifício ele fez … E então isso. Eu não sei, Luka obviamente não pensa em si mesmo. Quando eles dizem que é uma proibição, você finge que não entendeu nada! É melhor você calar a boca, não fale.”