Sidão durante partida do Vasco no Brasileirão

Sem clube, Sidão revela conversas com Vasco, Botafogo e mais dois times para defender em 2021

26/03/2021

Um dos grandes destaques do Audax de 2016 comandado por Fernando Diniz, Sidão conseguiu alavancar sua carreira, tendo passagens por BotafogoSão Paulo e Vasco da Gama. No final de 2020, porém, ao fim de seu contrato com o Goiás, o goleiro ficou sem clube.

Neste início de ano, de forma reservada, ele começou sua busca por uma nova equipe e se mantém treinando para não perder a forma física, como afirmou em entrevista ao ESPN.com.br.

“Estou desde dezembro, quando terminou meu contrato com o Goiás, analisando as propostas. E o Brasileiro, esse ano, demorou a terminar e o mercado ficou bem mais parado. E eu sigo treinando forte, junto com o Rafael Córdova, fiz um pedido para que ele pudesse abrir as portas para mim. Ele tem me ajudado, estou com uma preparação boa, me sentindo bem preparado para quando voltar”, disse.

E o jogador já teve conversas e propostas com alguns clubes através de seu empresário. Uma para o XV de Piracicaba foi recusada, por exemplo, por preferir uma equipe nas primeiras divisões do Campeonato Brasileiro.

“Eles fizeram uma proposta, mas era para disputar a Série A2 (do Paulista), mas eu não achei que era o momento de disputar uma A2. Tenho condições, ainda, de jogar em alto nível, jogar em uma Série A ou B (do Brasileiro)”, afirmou.

O goleiro ainda revelou que clubes das Séries A e B chegaram a ter conversas com seu empresário, mas nenhuma chegou a avançar para um acordo. A paralisação de alguns torneios pode ter sido o motivo, segundo o arqueiro.

“Tiveram outras propostas, também, mas ainda nada concreto. Estamos aguardando, sabemos que está difícil para os clubes, muitos campeonatos parados. Ninguém vai ficar contratando para ficar parado”, revelou.

“Teve alguns clubes. O Fábio Melo, meu empresário, tem bastantes contatos. Teve o Sampaio Corrêa, nós falamos na Chapecoense, próprio Botafogo e Vasco foram colocados em pauta, mas acabou não fluindo. É ter paciência e esperar”, finalizou.