Ribamar comemora belo gol marcado contra o Botafogo

Vasco é pego de surpresa e contesta cobrança de R$ 1,5 milhão de Ribamar na Justiça

23/02/2021

Ribamar deixou o Vasco em dezembro, mas segue no noticiário cruz-maltino. O atacante acionou o clube na Justiça cobrando valores de salários atrasados e demais direitos trabalhistas. A dívida, segundo o jogador, está na casa de R$ 1,5 milhão. A informação foi inicialmente divulgada pelo “Ge”.

Segundo apurou o ESPN.com.br, nesta terça-feira (23), o Vasco foi pego de surpresa. De acordo com fontes ouvidas pela reportagem, a equipe carioca deve contestar o valor no processo, já que entende que a quantia cobrada pelo jogador não corresponde à dívida.

O processo teve início no último dia 10 de fevereiro e corre na 17ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro. Já notificado, o Vasco ainda não se manifestou oficialmente.

De acordo com a defesa de Ribamar, o valor de R$ 1.428.990,00 é referente a salários atrasados (outubro, novembro e dezembrode 2020), 13º e férias proporcionais, premiações de partidas da Copa do BrasilCopa Sul-Americana e Brasileirão, FGTS, verbas rescisórias.

Ribamar é o mais recente ex-jogador a cobrar valores do clube. Recentemente, Wendel, que atuou pelo Vasco entre 2012 e 2013, notificou o Cruzmaltino e a Justiça determinou o pagamento de R$ 14,7 milhões ao atleta

Ribamar defendeu o Vasco entre 2019 e 2020. Ao todo, entrou em campo 64 vezes e marcou oito gols. O atacante, que tinha contrato até 31 de dezembro de 2020, deixou o clube de São Januário dias antes do término do vínculo, no dia 22. O jogador de 23 anos se desentendeu com o ex-treinador Ricardo Sá Pinto e foi afastado.

O Vasco vive situação delicada no Campeonato Brasileiro. Virtualmente rebaixado, o clube carioca recebe o Goiás, na última rodada, precisando tirar uma diferença de saldo de 12 gols em relação ao Fortaleza para não ter decretado o 4º rebaixamento à Série B.